Windows 8 é pontapé para unificar plataforma de PCs, tablets e smartphones

O Windows 8 um pontapé no processo de horizontalizar a plataforma operacional da Microsoft em todos os ambientes, sejam eles tablets, smartphones ou PCs.

A afirmação foi feita na sexta-feira pelo responsável pela área de Ecossistemas e Experiência de Desenvolvimento da Nokia, Daniel Rocha , em entrevista ao IT Web, na última sexta-feira (23/03), durante o Nokia Developer Day.

Atualmente, a Microsoft possui uma aproximação diferente no que diz respeito a sistemas operacionais. Enquanto os principais concorrentes – iOS, da Apple, e Android, do Google – fornecem plataformas que rodam em smartphones e tablets, a companhia programou o Windows 8 para estar disponível em PCs e tablets. Do outro lado, smartphones são atendidos pelo Windows Phone.

“Com o Windows 8 espera-se uma unificação de plataforma. O plano é que a plataforma seja horizontalizada”, disse Rocha. A versão oficial do Windows 8 deve estar disponível a partir do último trimestre deste ano, sendo que algumas informações dão conta que isso ocorrera em outubro e, outras, em novembro. “Depois que o Windows 8 estiver estabelecido, a base estará lá”, completou.

Em entrevista concedida recentemente ao IT Web Steve Kleynhans, analista do Gartner, comentou uma possível unificação de plataformas. “Não acho que seja impossível unificar [todos os sistemas operacionais, independente do dispositivo usado pela pessoa]. Não precisa ter exatamente a mesma coisa nos diferentes tipos de dispositivo. O que precisa haver é similaridade ao longo das plataformas para que eles se sintam confortáveis e obtenham as melhores coisas possíveis de cada uma”, alertou o analista. “Não significa necessariamente que eu precise rodar as mesmíssimas aplicações. Mas é um desafio e é difícil de fazer”, concordou.

Um dos desafios da Microsoft com o Windows 8 é o de unificar as aplicações para que elas rodem tanto em PCs quanto em tablets, por conta de incompatibilidades nos processadores (ARM para tablets e Intel x86 para PCs).

“Criar um aplicativo que rode em tudo nunca vai apresentar um resultado perfeito. Mas estamos posicionados para o desenvolvedor se preocupar mais com o negócio do que onde ele roda. Vamos conseguir fornecer o melhor tipo de ferramenta para o desenvolvedor”, prometeu

 

fonte:Windows 8 é pontapé para unificar plataforma de PCs, tablets e smartphones