Vírus ataca 30 mil máquinas em produtora de petróleo

A produtora de petróleo Saudi Aramco confirmou nessa semana que foi vítima de um ataque virtual afetou 30 mil estações de trabalho na companhia. Segundo a empresa, o vírus veio de fora da empresa e uma investigação está em andamento.

Segundo o site ArsTechnica, a empresa limpou suas estações e tomou medidas internas para reparar eventuais danos. A produção de petróleo não teria sido afetada, já que trabalha com redes separadas. Um dos sites da empresa na internet foi derrubado.

O Ars relembra que na mesma época desse ataque pesquisadores da área de segurança digital identificaram a ação do vírus Shamoon, que seria uma cópia de um malware chamado Wiper que teria atacado um ministério iraniano relacionado à produção de petróleo em abril desse ano. Os alvos do Shamoon não foram identificados pelos pesquisadores.

Com receita de US$ 210 bilhões em 2010, a Saudi Aramco é uma das maiores empresas do setor.

 

fonte: Vírus ataca 30 mil máquinas em produtora de petróleo