Usuários de iPad são alvos de malware

Hacker focam usuários de Windows que compraram iPad e não possuem software de segurança
 

De olho na popularidade do iPad – estimativas apontam para um milhão de unidades vendidas desde o lançamento – criadores de malware focam usuários do dispositivo da Apple para lançar seus ataques, aponta a BitDefender. A fornecedora de segurança relata que usuários de PCs estão recebendo e-mails prometendo atualização do software do iPad “para melhora do desempenho, novas ferramentas e segurança.” O e-mail traz um link e instrui os usuários de iPad a baixar a última versão do software iTunes em seus PCs como passo inicial para o upgrade do sistema do tablet. A página para qual os usuários são direcionados é um site que infecta das máquinas com um malware identificado pela BitDefender como Backdoor.Bifrose.AADY.De acordo com a BitDefender, a peça do código malicioso “injeta no processo explorer.exe e abre a backdoor que permite acesso sem autorização e controle do sistema afetado.Backdoor.Bidrose.AADY também consegue ler chaves e números de série de diferentes aplicações instaladas no computador infectado, além de logar com as senhas da vítima em serviços como Messenger, contas de e-mail POP3 e armazenamento protegido. A Apple ainda não lançou uma atualização para o iPad. 

Usuários de Mac não são afetados por esta peça do malware, enfatiza a BitDefender. Um pesquisador sênior da fornecedora afirma que o foco está em usuários de Windows que compraram iPad e não possuem um produto de segurança.Até o momento, o iPad não foi afetado por códigos maliciosos ou hackers diretamente.Usuários de PCs são orientados a baixar arquivos para o iPad apenas do site oficial da Apple; instalar e ativar firewall e anti-malware e filtro spam; atualizar com frequência os programas antivírus e fazer varredura continuamente. 

Fonte: Usuários de iPad são alvos de malware