Tivit retoma planos de abrir capital

A Tivit, fornecedora brasileira de serviços de contact center, retomou os planos de abrir seu capital e protocolou pedido de registro na Comissão de Valores Mobiliários (CVM) para realizar uma oferta pública secundária de ações.

De acordo com o prospecto publicado pela empresa, a operação será conduzida pelo Credit Suisse, em parceria com o Bradesco e com o Morgan Stanley. Entretanto, o número de ações e os preços por ação não foram revelados pela empresa.

A receita líquida da Tivit com serviços totalizou R$ 452,23 milhões no primeiro semestre deste ano, o que representa um crescimento de 7,9% ante os R$ 419,02 milhões registrados em igual período de 2008. Já o lucro líquido nos primeiros seis meses deste ano ficou em R$ 21,73 milhões, cifra 146,7% superior ao ganho obtido pela companhia entre janeiro e junho do ano passado.