Mais de 70% dos CEOs não citam a TI nos relatórios anuais

De acordo com a Forrester, esse dado comprova que a maioria dos departamentos de tecnologia é enxergada apenas como uma área de suporte

Um estudo da empresa de pesquisas Forrester aponta que somente 16% dos CEOs das corporações de grande porte mencionam a TI em seus relatórios de resultados anuais. O que, de acordo com o relatório, mostra um descompasso entre as estratégias das empresas e dos gestores da área de tecnologia.

Boa parte do problema deve-se à forma como a TI é tratada pelas organizações. Na maioria dos casos, o departamento de tecnologia funciona apenas como uma área de suporte, voltada a atender às demandas do resto da organização. Com isso, o CIO não consegue demonstrar valor para a companhia.

De acordo com o principal executivo do grupo de analistas da Forrester, George Colony, a evolução das áreas de TI – que a consultoria define como Business Technology (Tecnologia de Negócios) – deve levar os departamentos de tecnologia a priorizar 10 a 15 projetos, em vez de se perder entre centenas de demandas. Além disso, a decisão precisa ser tomada pelo CIO em conjunto com o CEO.

Para que isso aconteça, os CEOs precisam estar preparados a lidar com as áreas de TI como se fossem qualquer outra área de negócios. Para os CIOs, especificamente, isso significa “entrar para o jogo”, enfatiza Colony. Ele afirma, no entanto, que para isso acontecer o gestor da área de tecnologia deve ter a capacidade de demonstração como o seu trabalho e suas capacidades poderão transformar a empresa.

// Fonte: Mais de 70% dos CEOs não citam a TI nos relatórios anuais