Google teria quebrado suas regras de links para promover o Chrome

O Google e empresas de marketing contratadas para promover seus produtos – em especial o Chrome – usam uma campanha online que viola as próprias regras de anúncios da empresa, apontaram os blogs de pesquisa de marketing SEO Book e Search Engine Land.

Na segunda-feira, as publicações perceberam uma série de notícias e posts patrocinados em alguns blogs e identificaram a gigante de buscas como financiadora desses conteúdos.

Tal prática representaria uma divulgação adequada e não seria digna de observação se não fosse por dois pontos cruciais: esses blogs faziam links ao Google em seus posts,como uma forma de retorno ao site; e o histórico que a companhia tem em desencorajar essa prática de conteúdo pago, que, ao seu ver, é de baixa qualidade.

Como o Google usa links em seu algoritmo PageRank, que determina onde os sites aparecerão em resultados de pesquisa, há um incentivo óbvio a tentativa de manipular o sistema por meio da criação uma grande quantidade de links com o tema.

Para desencorajar essa prática, as regras de propaganda do Google afirmam que “comprar ou vender links que passem o PageRank é uma violação a Webmaster Guidelines e pode ter um impacto negativo na lista de resultados de pesquisa do site”.

A empresa fornece um padrão aceitável para links pagos: eles precisam incluir o rel="nofollow" atribuído no caractere anchor , que faz parte do código HTML da página, mas os posts identificados como “This Post Sponsored by Google” (Essa postagem é patrocinada pelo Google) não possuíam o atributo nofollow, portanto, aparentemente a companhia faz exatamente o que proíbe os outros sites de fazerem.

A percepção de que o Google utiliza regras de publicidade diferente das que aplica para seus clientes é justamente o que a companhia quer evitar. Especialmente porque a prática pode fazer com que as autoridades antitruste acreditem mais nas queixas dos concorrentes, que alegam que ela favorece suas criações. A gigante de buscas e suas empresas de propaganda afirmam que não encomendaram mensagens e posts que quebrem as regras do Webmaster Guidelines.

A campanha do Google para promover o Chrome é uma entre as muitas que a empresa lançou recentemente para buscar afinidade com a marca em um momento em que a imagem corporativa é atacada por competidores e reguladores. A vice-presidente de marketing global do Google recentemente se recusou a informar ao The New York Times em quanto o valor do orçamento de publicidade do Google tinha aumentado, mas confirmou uma mudança na estratégia para alcançar de forma mais eficaz os consumidores.

 

fonte: Google teria quebrado suas regras de links para promover o Chrome