Empresas tecnológicas dos EUA contratam mulheres para postos-chave

O Vale do Silício (região da Califórnia, nos EUA, que abriga grande quantidade de empresas de tecnologia) parece ter finalmente se rendido às mulheres, que agora ocupam postos-chave em empresas importantes do setor.

Nesta segunda-feira (16), o Yahoo! anunciou a contratação de Marissa Mayer, 37, como CEO. Mayer deixa o Google, onde trabalhava desde 1999, sendo responsável por produtos importantes como a própria ferramenta de busca, o Gmail e o Google Images.

Marissa Mayer durante evento do Google em 2009; executiva é a nova chefe do Yahoo!

Marissa Mayer durante evento do Google em 2009; executiva é a nova chefe do Yahoo!

Nos últimos meses, uma série de mulheres passaram a chefiar empresas de tecnologia nos EUA: Meg Whitman assumiu como CEO da HP em setembro, Virginia “Ginny” Rometty ocupa o mesmo cargo na IBM desde outubro, por exemplo. E o Facebook tem Sheryl Sandberg no comando de operações –ela assumiu uma cadeira no conselho de diretores da empresa em junho deste ano e se tornou a única mulher a integrar o grupo.

Apesar disso, Mayer, que era considerada uma espécie de “musa” do Google e uma das poucas figuras públicas da empresa, não parecia se importar com essa questão. Ela disse recentemente à revista “Forbes” que estava mais interessada em contratar as pessoas mais talentosas, não importando de qual gênero.

“É errado alguém perguntar sobre gênero. Não há uma linha de gênero que divide quem trabalha bem com tecnologia. Há muitas mulheres muito talentosas no mundo da tecnologia, mas eu acho que sempre poderia haver mais”, diz.

Mayer não é a primeira mulher a ocupar a chefia do Yahoo!. Carol Bartz foi CEO da empresa entre 2009 e 2011.

 

fonte:Empresas tecnológicas dos EUA contratam mulheres para postos-chave