Custos com vazamento de dados variam de acordo com o país, mostra estudo

Os Estados Unidos aparecem como o território no qual o prejuízo é mais alto, por conta das leis mais rígidas, segundo pesquisa do Ponemon Institute

O instituto de pesquisas Ponemon Institute divulgou um relatório no qual ele aponta que o custo médio dos vazamentos de dados nas corporações tem grandes variações de acordo com o país. O documento aponta que o valor mais alto foi contabilizado nos Estados Unidos.

Em 2009, o custo médio de um vazamento em empresas norte-americanas foi de 204 dólares por registro de cliente comprometido, em comparação aos 177 dólares na Alemanha, 119 dólares na França e 98 dólares no Reino Unido. De acordo com o analista sênior de privacidade da Ponemon, Mike Spinney, a razão pelo valor elevado nos EUA são as leis mais rígidas contra violação de dados.

“Advogados custam dinheiro”, diz Spinney. “Os custos são maiores nos EUA porque lá existem requisitos de divulgação.”

De acordo com o relatório, o custo total de uma violação de dados nos Estados Unidos é de 6,75 milhões de dólares. Na Alemanha, o valor é 3,44 milhões de dólares, enquanto no Reino Unido e na França o custo é de aproximadamente 2,5 milhões de dólares.