Cientista britânico diz ter sido infectado por vírus de computador

No experimento, o pesquisador está analisando os riscos de infecções de malware em chips implantados no corpo humano.

Um cientista britânico afirma ser o primeiro ser humano com uma infecção de vírus de computador em um experimento que, segundo ele, tem implicações importantes para o futuro de tecnologias de implantes.

O Dr. Mark Gasson, da University of Reading, infectou um chip de computador implantado em sua mão com um vírus e depois o transmitiu a um computador para provar que o malware pode se mover entre humanos e computadores.

Chips que podem ser implantados no corpo humano já existem há algum tempo, e Gasson utiliza um no lugar de um passe de segurança para ter acesso ao prédio da universidade e para ativar seu celular. 

Mas ele diz que as implicações para vírus em chips de implantes estão longe de ser alcançados, mas poderiam afetar pessoas com marca passos ou outros dispositivos médicos.

Em entrevista à BBC, Gasson afirmou que alguém com um vírus em seu chip implantado poderia infectar outra pessoa e que uma pessoa com dois dispositivos sob a pele poderia correr o risco de ter um vírus sendo transmitido entre os dois chips

Fonte: Cientista britânico diz ter sido infectado por vírus de computador