Categoria: Segurança

Wi-Fi público: Você está consciente dos riscos?

Wi-Fi público

Uma pesquisa realizada pela Kaspersky Lab em parceria com a B2B Internacional, 18% dos entrevistados não estão conscientes que o uso de redes Wi-Fi públicas é arriscado, uma vez que os dados que trafegam nestas redes podem ser interceptados por cibercriminosos. O levantamento aponta que a mesma proporção de usuários, 18%, está consciente desta ameaça, mas não acredita que esse fator traga preocupação ao seu negócio.

O estudo também destaca que 56% dos entrevistados utilizam redes públicas e 6% colocam suas informações pessoais em sites enquanto estão conectados por esse tipo de rede. O levantamento mostra ainda que quase um terço (27%) dos usuários no Brasil não estão preocupados com a possibilidade de que suas contas online possam estar comprometidas ou estão alheios a este risco.

Ainda conforme o estudo, boa parte dos entrevistados consideram que as perdas financeiras resultantes de ataques cibernéticos são pouco prováveis – 35% dos entrevistados desconhecem ou não estão preocupados com a possibilidade de tais perdas. Uma infecção por malware também pode conduzir a gastos imprevistos, incluindo custos relacionados aos serviços de um especialista em TI, a reinstalação de software ou a indisponibilidade temporária de um dispositivo. Em geral, 21% dos entrevistados que tiveram malware em seus dispositivos tiveram perdas financeiras como resultado do incidente.

O estudo também constata um dado relevante: 17% dos usuários brasileiros de Internet não acreditam que ataques cibernéticos são reais e acham que a ameaça é um exagero das empresas de segurança online. As brechas de segurança são uma questão relevante nos negócios

http://convergenciadigital.uol.com.br/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?infoid=38440&sid=128#.VG8fe_nF-uk

 

 

Passos para tornar seu banco de dados mais seguro

Frequentemente eles pecam nas questões de desempenho e segurança. Veja como encontrar um equilíbrio na visão de diversos especialistas

Parece que gestão de riscos de TI se resume apenas em identificar dados críticos e fornecer mais proteção a eles. Mas, infelizmente, quando se trata de banco de dados, muitas companhias retrocedem ao utilizarem certas fórmulas.

O problema é que em muitas empresas o desempenho do banco de dados pode ter prioridade sobre a segurança. Embora o ideal seja manter equilíbrio entre os dois, a segurança, em diversas ocasiões, acaba ficando de lado. Continue lendo

8 técnicas para bloquear ataques SQL

Aplicativos web recebem 71 tentativas desse tipo de taque por hora, mas isso pode chegar a 1,3 mil. Considere os conselhos de segurança para impedir ataques SQL

Em médias, aplicativos web recebem 71 tentativas de ataque por injeção de comandos SQL por hora. Mas durante picos de ataque, esse volume pode atingir 1,3 mil por hora. Essa descoberta veio da fornecedora de segurança Imperva, que divulgou uma nova pesquisa sobre ataques SQL. Para tal estudo, a companhia monitorou 30 aplicativos web diferentes – todos reais, de diferentes tamanhos e utilizados por diferentes indústrias – durante nove meses. Nesse período, a empresa viu o número de ataques diários aumentar, em média, 34%. Continue lendo