As vantagens da terceirização de segurança

A indústria reforça a oferta de gestão remota como uma saída para suprir a necessidade das corporações por controle de ambientes cada vez mais complexos

Quem atua hoje na área de segurança da informação lida com o inesperado, mais do que em qualquer outro segmento de tecnologia. Por conta da demanda, precisam estar o tempo todo buscando formas de se antecipar às ameaças, que crescem em volume e em complexidade nas empresas. E, talvez por isso, esse segmento esteja mais aberto a absorver novos modelos de serviços que começam a ser oferecidos pela indústria, em especial, aqueles ligados à gestão remota dos ambientes.

Se existe uma evolução na oferta dos serviços gerenciados de segurança, ainda há uma desconfiança das empresas em relação ao modelo. O principal questionamento é se a gestão remota terá a mesma eficiência do trabalho presencial para proteger a corporação. Para o sócio-diretor da consultoria TGT Consult, Pedro Bicudo, a resposta a essa dúvida das corporações é só uma questão de tempo. “O monitoramento realizado fora da empresa, sobretudo em companhias com ambientes híbridos e diversas unidades, é uma tendência irreversível”, acredita Bicudo.

O conceito de serviços gerenciados prevê que todo o tráfego nas conexões da empresa seja monitorado, com o intuito de mapear pontos de vulnerabilidade e outros riscos. “Não chega a ser algo extremamente complexo, mas depende de pessoas especializadas. E uma companhia dificilmente se dará ao luxo de contar com um profissional de TI com essa qualificação”, afirma o especialista da TGT.

Ainda de acordo com ele, isso abre espaço para a atuação dos prestadores de serviço especializados. “Some isso ao fato de que há uma tendência clara de aumento dos incidentes de segurança, à medida que a sociedade migra para o ambiente online. Os crimes, hoje, ainda ocorrem mais fora da rede corporativa do que dentro dela. Mas essa realidade tende a se inverter”, alerta o consultor.

Fonte: As vantagens da terceirização de segurança