Apague a luz!

O último a sair apague a luz, desligue os monitores e os estabilizadores. Mais que isso, o departamento de TI já está fazendo – preocupado não só com a redução de custos, mas também com a responsabilidade ambiental da corporação. É o que conclui a Symantec em pesquisa divulgada nesta quinta-feira (13/08) sobre adoção de práticas verdes nas áreas de tecnologia da informação das empresas.

O levantamento, realizado em 15 países com mais de mil executivos de TI, aponta que 97% dos participantes estão pelo menos discutindo uma estratégia “verde”, enquanto 45% já tem alguma coisa voltada a esse sentido na sua empresa.

No Brasil e México (únicos países da América Latina incluídos na pesquisa), 29% dos entrevistados confirmaram a implementação de práticas de TI verde em sua empresa. E, no Brasil, 73% disseram que têm um plano para tratar do assunto.

Entre os benefícios relatados pelos executivos, 90% citaram a redução do consumo de energia elétrica, 87% lembraram-se da diminuição dos custos com resfriamento e, 86%, o fato do mercado cada vez mais  exigir que as empresas sejam “verdes”.

Isso também porque oito em cada dez são totalmente ou parcialmente responsáveis pelo consumo do data center de sua empresa.

Para lá, para cá…
“O pêndulo vai para os dois lados e o segmento de TI agora está utilizando uma estratégia equilibrada e muito mais integrada à estratégia ‘verde’ das organizações”, avalia Jose Iglesias, vice-presidente de soluções globais da Symantec.

No Brasil, 94% disseram que a eficiência energética das soluções é um aspecto cada vez mais importante na hora de escolher os fornecedores. No mundo, a média foi de 89%.

Os executivos disseram gastar entre US$ 21 milhões e US$ 27 milhões com consumo de energia dos data centers, mas disseram que gastariam mais com infraestrutura desde que os produtos fossem econômicos no consumo.

Em todo o mundo, 73% entrevistados disseram que vão ter um orçamento maior para investir em TI verde nos próximos 12 meses. No Brasil e no México, esse percentual sobe para 78%.

Principais conclusões da “Pesquisa Symantec 2009 sobre TI Verde”
97% estão pelo menos discutindo uma estratégia de TI verde
45% já implementaram iniciativas de TI verde
29% dos entrevistados na América Latina implementaram estratégias do tipo em suas empresas
73% dos entrevistados brasileiros relataram o mesmo
89% consideram o segmento de TI muito ou extremamente significativo nos esforços “verdes”
94% têm um profissional para cuidar desses assuntos
95% substituem equipamentos antigos por novos para economizar energia
94% monitoram o consumo de energia e/ou virtualizam seus servidores
93% consolidam seus servidores para reduzir o consumo
57% veem o SaaS como alternativa “verde”

O estudo foi realizado pela Applied Research em março de 2009 com executivos de TI,  incluindo vice-presidentes, diretores e executivos C-Level como CIOs, CTOs etc. Foram entrevistados 1.052 pessoas em 15 países (Estados Unidos, Canadá, França, Itália, Inglaterra, Brasil, México, Austrália, Índia, Japão, Singapura, Malásia, Coréia do Sul, Nova Zelândia e China).

fonte:Apague a luz!