Adobe deve passar Microsoft como alvo de hackers

Relatório da McAfee revela que Adobe Reader e Flash serão os principais alvos de criminosos em 2010, ultrapassando o Microsoft Office

O softwares Adobe Reader e Flash vão ultrapassar as aplicações do pacote Office da Microsoft como alvos favoritos para ataques do cibercriminosos, estima uma fornecedora de soluções de segurança.

Ao apresentar seu Relatório de Previsões sobre Ameaças em 2010, a McAfee afirma que o crescimento da popularidade dos produtos Adobe tem atraído mais atenção dos cibercriminosos, que estão aumentando o foco nesses produtos. Flash e Reader são as duas aplicações mais usadas.

Como resultado desse sucesso da Adobe, o McAfee Labs acredita que “os ataques envolvendo produtos da companhia irão ultrapassar os lançados contra aplicações do pacote Office da Microsoft em 2010.”

Especialistas em segurança já têm alertado sobre o potencial risco envolvendo o Flash. Em novembro último, o Foreground Security identificou falhas no caminho que navegadores manuseiam arquivos Flash, o que poderia comprometer a submissão de conteúdo por parte dos usuários.

Além da Adobe, cibecriminosos também devem focar esforços em ataques contra as redes sociais. Usuários de internet devem esperar Trojans e botnets mais complexos, desenvolvidos para execução de ataques e para levarem vantagens em cima do HTML 5.

Facebook e Twitter, além de aplicativos desenvolvidos por terceiros e incorporados às redes sociais, têm dado novas possibilidades aos hackers. Em 2010, usuários estarão mais vulneráveis a ataques de aplicações não confiáveis distribuídas pelos criminosos por meio das redes.

fonte: Adobe deve passar Microsoft como alvo de hackers